Sábado, 20 de Outubro de 2018

Política
Quarta-Feira, 27 de Dezembro de 2017, 15h:21

MUDANÇAS NO STAFF

Servidor de carreira, Rogério Gallo assumirá a Sefaz em janeiro

Redação

Divulgação

O atual procurador-geral do Estado, Rogério Gallo, deve assumir a Secretaria de Fazenda, em substituição a Gustavo de Oliveira, no dia 15 de janeiro. Até lá, a pasta estará em período de transição, sob comando do secretário interino de Fazenda, Vinicius Saragiotto.

Rogério Gallo é servidor de carreira do Estado e reafirmou o compromisso em não aumentar a carga tributária, assim como foi feito desde o início da gestão. “Dezoito estados da Federação decidiram por aumentar a carga tributária, os impostos. Aqui em Mato Grosso, optamos por ir atrás das dívidas e deu certo. Fica meu compromisso e do governador Pedro Taques de que, em 2018, também não aumentaremos a carga tributária”, garantiu.

Rogério Gallo avaliou os resultados obtidos enquanto esteve frente à PGE e listou as prioridades que terá na Sefaz. “Missão cumprida na PGE. Arrecadamos R$ 60 milhões da dívida ativa no ano passado e, esse ano, foram R$ 250 milhões. Quatro vezes mais, graças ao trabalho com afinco que desenvolvemos com nossa equipe em busca desses débitos, que muito fizeram falta à nossa economia”.

“Passamos por um período de crise, mas a esperança de melhorar é concreta. Aprovamos o teto de gastos e teremos recursos para investir. Cada mês será melhor que o anterior no ano que vem. Recebo uma secretaria melhor do que aquela que Gustavo pegou. Medidas muito importantes de austeridade foram tomadas. A prioridade é fazer o ajuste fiscal e fazer caber as despesas dento do orçamento aprovado pela Assembleia Legislativa”, disse.

Mudanças no Staff

Segundo o governador Pedro Taques, as mudanças no staff do Governo já eram previstas e seguem um fluxo normal. “Já havia esse combinado com o secretário Gustavo de que ele ficaria até dezembro, porque precisa assumir outro compromisso e continuará ajudando o Estado de lá. Os secretários que serão candidatos nas próximas eleições, como os deputados Max Russi e Wilson Santos, por exemplo, sairão no prazo legal, como já combinamos. É normal.”

No Detran-MT, Arnon Osny segue na presidência até 15 de janeiro, quando devem terminar as entregas previstas, como reformas de Cinetrans por todo o Estado. “Osny precisa cuidar da saúde e isso também já estava combinado. Em breve decidiremos quem assume”, afirmou o governador.

Na PGE, Taques afirma que a escolha pela pessoa que substitui Rogério Gallo deve ser tomada em breve.

O secretário do Gabinete de Comunicação, Kleber Lima, substitui o maestro Leandro Carvalho da Secretaria de Estado de Cultura (SEC). O maestro deixou a Cultura para participar do programa de Chevening / Clore Leadership Programme no Reino Unido.

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO