Domingo, 19 de Maio de 2019

Mato Grosso

Domingo, 26 de Agosto de 2018, 09h:15

PROPINA NO PAIAGUÁS

Propina no paletó: um ano depois sete foram denunciados

Cícero Henrique

Reprodução

 

Completou um ano da divulgação em rede nacional dos vídeos dos deputados mato-grossenses enchendo os bolsos, mochilas e bolsas com maços de dinheiro no Palácio Paiaguás.

O Jornal Nacional exibiu no dia 24 de agosto de 2017 vídeos em aparecem o ex-deputado estadual petista Alexandre César, J Barreto (PR), Luciane Bezerra (PSB) atual prefeita de Juara, Antonio Azambuja, o atual deputado federal Ezequiel Fonseca (PP), o ex-deputado e atual prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), dos deputados estaduais José Domingos Fraga, Baiano Filho, Gilmar Fabris e as irmãs dos deputados estaduais Sebastião Rezende e Airton Portugês.

O dinheiro foi entregue por Silvio Cesar, ex-chefe de gabinete de Silval Barbosa. Conforme delação de Silval, os deputados estaduais da legislatura passada exigiram propina para não emperrar as obras oriundas dos programas governamentais como o MT Integrado e obras da Copa do Mundo. Cada um deles recebeu R$ 800 mil divididos em parcelas de R$ 50 mil.

Dois deputados filmados e denunciados pelo MP desistiram de disputar as eleições este ano: Domingos Fraga e Baiano Filho.

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), se tornou alvo de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara de Vereadores, envolta em polêmicas, foi paralisada por decisão judicial.

Sete dos filmados recebendo a suposta propina foram denunciados pelo MPE "por ato de improbidade administrativa contra agentes políticos envolvidos em esquema de cobrança de propinas de empresários, fraudes em procedimentos licitatórios, extorsões, entre outras condutas voltadas para a captação irregular de dinheiro do Programa MT Integrado e das obras da copa." são eles: o deputado federal Ezequiel Fonseca (PP), os estaduais Baiano Filho (PSDB) e José Domingos Fraga (PSD) e os ex-parlamentares Hermínio J. Barreto, Airton Português, Alexandre César e Antonio Azambuja.

Por enquanto o MPE não ofereceu denúncia contra outros dois flagrados recebendo dinheiro: o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), e a prefeita de Juara, Luciane Bezerra (PV). Todos os flagrados em vídeo negam recebimento de propina.

Reprodução

Deputados recebendo propinas

Deputados recebendo suposta propina

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO