Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018

Acontece
Quinta-Feira, 08 de Março de 2018, 07h:45

CULTURA

Circula MT leva oficinas de violino para o interior

O lançamento do projeto Arte do Violino será dia 09 de março, em Cuiabá. Sinop, Nova Mutum e Rondonópolis também recebem apresentações e oficinas gratuitas

Josiane Dalmagro

Mayke Toscano/GCom

O Projeto a “A arte do violino – repertório brasileiro para violino solo”, contemplado pelo edital Circula MT, da Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso, terá início no dia 9 de março às 19h30, no espaço Boca de Arte em Cuiabá, com apresentações e oficinas gratuitas.

O projeto, coordenado pelo professor Fernando Pereira, tem a proposição levar música erudita brasileira por meio de cinco concertos, gravação, e quatro oficinas de formação técnica, em Cuiabá, Nova Mutum, Sinop e Rondonópolis.

A apresentação será composta por Cameratas, solos de violinos e músicas tocadas em quartetos. Fernando explica que alguns desses músicos são alunos do Boca Musical, projeto que prevê a capacitação de novos músicos e a participação de alguns deles neste trabalho. "Ao participar dessa iniciativa, nossos alunos demonstram que tiveram um aprendizado concreto, rompendo com um estigma de que escolas de música não ultrapassam a etapa inicial do aprendizado. No Boca Musical a ideia é que os nossos alunos se tornem profissionais e para isso também vislumbramos as possibilidades da prática", pontua o professor.

Sobre a Arte do Violino, o professor explica: “O Projeto possui nome semelhante à obra pedagógica em quatro volumes “arte do violino” do músico alemão Carl Flesh (1873-1944). A semelhança do nome não é mera coincidência na medida em que, tal como o violinista alemão do começo do século 20, tenho buscado, uma sistematização em torno de um programa de formação e difusão cultural em sua proposta pedagógica e artística que desenvolva o ensino e a performance não só ao violino, mas aos instrumentos de cordas inerentes à sua família - viola clássica e violoncelo – no estado de Mato Grosso”.

A primeira apresentação, que também é o lançamento do projeto, será no bairro Araés, sede do espaço Boca de Arte, e, portanto, pretende contemplar os moradores do bairro. A apresentação no local faz parte da contrapartida social do projeto.

No dia 15 de março, às 20h, Nova Mutum recebe o projeto. Após a passagem por Nova Mutum, o grupo retorna à Cuiabá e no dia 16 realiza a apresentação na Casa Cuiabana, espaço que também sedia as oficinas do projeto durante o ano.

No dia 17 de março, será a vez de Rondonópolis receber o grupo e a apresentação se realizará no Centro Cultural Casario, às 20h. A oficina de formação será no Instituto Federal de MT - campus de Rondonópolis, no dia 6 de abril.

Em Sinop a oficina será realizada na Escola Municipal de Artes Viviane Maria Malheiros Dal Berto, no 14 de abril e a apresentação ocorre no dia 23 de março, às 20hs no Centro de Eventos Dante de Oliveira.

No dia 13 de abril, o Centro de Sustentabilidade do Sebrae em Cuiabá, será palco para o encerramento das atividades.

Oficinas gratuitas

A Oficina pretende realizar a formação básica da técnica ao violino e terá 6h de capacitação técnica para até 60 alunos – 30 participantes e 30 ouvintes, nas quatro cidades por onde o projeto passará. O conteúdo terá apresentação da técnica elementar ao instrumento – escola franco-belga, alemã e russa; desenvolvimento da mão direita – golpes de arcos e suas variações; desenvolvimento da mão esquerda – dedilhados, posições e vibrato; Aplicação prática – escalas e arpejos –  e seleção de material para o desenvolvimento técnico ao instrumento com performance. Os interessados podem tirar as pelo telefone (65) 99996-2089.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO