Segunda-Feira, 25 de Setembro de 2017

Acontece
Segunda-Feira, 21 de Agosto de 2017, 13h:05

PAN-AMERICANO DE LUTA

Aluno da Arena da Educação conquista título inédito para Mato Grosso

Junior Martins

Gcom/MT

O estudante da Escola Estadual Governador José Fragelli, Guilherme Porto, de 14 anos, se consagrou campeão pan-americano escolar de Luta Olímpica (Wrestling), na modalidade greco-romana, disputado de 17 a 19 de agosto em Santiago, no Chile. O título do aluno da Arena da Educação é inédito para o estado de Mato Grosso.

“Lutei quatro vezes contra atletas dos Estados Unidos, Peru, Chile e Argentina e venci todos por superioridade técnica, que é quando se vence por oito a zero ou com oito pontos de diferença e recebi o prêmio de melhor lutador da competição. Agradeço ao meu pai, aos meus técnicos, ao apoio dado pela Secretaria Adjunta de Esporte de MT”, diz Porto.

De acordo com o titular da Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer de Mato Grosso (Sael-MT), Leonardo de Oliveira, o projeto de escola na Arena Pantanal consiste em um modelo de ensino em tempo integral, que aproveite os espaços e a estrutura de todo o Complexo Esportivo da Arena Pantanal. Além disso, os estudantes recebem alimentação balanceada sob acompanhamento de nutricionistas.

“Os alunos têm aulas regulares em um dos turnos e em outro possuem uma grade diversificada de atividades. Dentre elas, a prática de modalidades esportivas. Então, quando um estudante da Arena da Educação alcança um resultado tão expressivo, isso renova a energia canalizada em prol desse projeto e fortalece todo o esforço desempenhado por inúmeros profissionais ligados nessa empreitada”, comenta o secretário adjunto de esportes do estado, Leonardo de Oliveira.

O coordenador das seleções brasileiras de Wrestling da Confederação Brasileira de Lutas Associadas (CBLA), Flávio Cabral, explica que o Pan-Americano conquistado pelo atleta mato-grossense é o evento máximo do continente na idade escolar e teve a participação de competidores de onze países. Segundo ele, o resultado obtido por Guilherme Porto dá esperanças ao país de obter bons resultados nos próximos Jogos Sul-Americanos de Wrestling.

“A dificuldade para se vencer esse campeonato é a mesma vista em outras categorias de idade. Isso mostra o nível que ele pode atingir na idade adulta. Esse título nos deixa com esperanças para os jogos sul-americanos e também esperamos que atraia a atenção de novos jovens mato-grossenses para a prática da modalidade. A CBLA com certeza está muito feliz com esse título”, avalia o coordenador de seleções brasileiras da CBLA, Flávio Cabral.

Contexto

A Federação Mato-grossense de Jiu-jitsu e Lutas Associadas (FMTJJLA), gerida pelo presidente Francisco José Pessoa Fernandes, foi a instituição responsável por implantar a Luta Olímpica no estado de Mato Grosso, em 2013. De lá para cá, vários atletas tem se destacado em competições nacionais e internacionais, sob o comando técnico do head coach da seleção mato-grossense, Francisco Fernandes Junior e da técnica, Luzia Fernandes.

“Nossos atletas trazem medalhas nacionais desde o 1º ano desse desporto em Mato Grosso. E, daquele ano em diante, os resultados tem crescido de forma ininterrupta. Foi a primeira vez que vencemos um Pan-Americano, mas temos várias outras medalhas e traremos muitas outras. E parte desse triunfo também é da atual Secretaria Adjunta de Esportes e Lazer de Mato Grosso (Sael-MT), gestão Leonardo de Oliveira. O apoio dele tem sido fundamental”, diz Chicão.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO