Terça-Feira, 25 de Junho de 2019

Cidades
Sábado, 18 de Maio de 2019, 15h:29

VÁRZEA GRANDE

No lugar de vacinas, pais encontram insetos e lesmas no PSF

Rede pública de Várzea Grande não tem vacinas para recém-nascidos

Jô Navarro

Arquivo pessoal/Julia Mara

PSF Parque do Lago - VG

Pais do pequeno Rubens, de cinco meses, Ruy e Julia Nascimento há dois meses peregrinam pelos postos de Saúde da Família de Várzea Grande em busca das vacinas que deveriam ter sido aplicadas quando ele tinha três meses. "Estão faltando as vacinas contra meningite meningocócica e pneumonia. Não conseguimos encontrar em nenhum PSF em Várzea Grande, por isso as famílias são obrigadas a vacinar na rede privada", explica Ruy.

Na última quinta-feira (16-05), procurando pelas vacinas, o casal foi até o PSF Dr° Lucilo Macedo, localizado na Avenida Julião de Brito, no bairro Parque do Lago, Grande Cristo Rei, no município de Várzea Grande.

"Além de não ter vacinas e nem previsão de quando terá, o que vimos me deixou amedrontado. O local está infestado de pernilongos, possivelmente Aedes Aegypti, e tinha lesmas de caramujo africano na parede", relata Ruy Barbosa.

Nossa redação recebeu a informação, ainda extraoficial, de que teriam sido registrados casos de meningite no PS de Várzea Grande, o que só aumenta a preocupção dos pais.

Não conseguimos contato com a Prefeitura neste sábado. Aguardamos a manifestação da Secretaria Municipal de Saúde e da prefeita Lucimar Campos.

As fotos que ilustram esta reportagem foram enviadas por Julia Mara, mãe de Rubens.

 

 

Lesma

 

 

Aedes AegyptiAedes Aegypti no PSF do Parque do Lago

Arquivo pessoal/Julia Mara

PSF- VG

PSF Parque do Lago - VG

 

 


Arquivo pessoal/Julia Mara

Aedes no armário

 

1 COMENTÁRIO:

Que horror
enviado por: claudio pereira leite em 18/05/2019 às 15:49:33
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO