Sexta-Feira, 17 de Agosto de 2018

Artigos
Quarta-Feira, 08 de Agosto de 2018, 09h:23

GUILHERME MESSAS

O álcool e o papel do médico

Guilherme Messas

Imagem pública

Os médicos têm papel fundamental no controle e no tratamento de problemas relacionados ao consumo de álcool. Os problemas ligados à bebida acontecem de diversas maneiras. Estão no cotidiano, quando a pessoa que bebe no dia-a-dia, por exemplo, bate o carro ou comete alguma ação irresponsável e em casos de uso abusivo ou dependência.

Como tudo isso acontece no dia-a-dia das famílias, a pessoa que mais consegue influenciar esse comportamento, por ter mais contato com as famílias e com os pacientes, é  o profissional médico, que tem a capacidade de convencer as famílias que está acontecendo um problema, podendo ajuda-las a dar um encaminhamento profissional para um problema muito frequente na sociedade brasileira.

É um grande desafio nacional conseguir alertar e convencer os médicos do papel extremamente relevante que eles têm para apoiar as pessoas que já enfrentam necessidades de atendimento e orientação e as famílias que precisam de apoio social e que podem ter no médico o melhor instrumento para isso.

*Guilherme Messas, psiquiatra especialista em Álcool e Drogas, é Professor e Coordenador do Programa de Duplo Diagnóstico em Álcool e Outras Drogas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. É Coordenador da Câmara Temática Interdisciplinar sobre Drogas do Conselho Regional de Medicina de São Paulo. Contato: gmessas@gmail.com

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO