Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017

Artigos
Terça-Feira, 05 de Setembro de 2017, 15h:54

ALMT

Enganar a quem?

Cícero Henrique

Reprodução

Assembleia Legislativa de Mato Grosso

O suposto ou verdadeiro crime de compra de deputados do Estado de Mato Grosso é crime no Brasil. Se um empresário doar dinheiro ou bens e não comunicar a Receita Federal, é punido rapidamente. Já os parlamentares que foram flagrados em vídeo recebendo dinheiro em troca de apoio ao ex-governador Silval Barbosa continuam gozando as benesses dos respectivos mandatos. Gordo subsídio e verba de gabinete de R$ 65 mil.

Aliás, a Assembleia Legilativa de Mato Grosso parece mais um reduto de ladrões.

Depois de todo este escândalo, como a Assembleia Legislativa de Mato Grosso vai se pocisionar? Vale lembrar que as imagens são fortes, e não há outra explicação que não seja a que os deputados flagrados são mesmo corruptos. 

Devem ser julgados os deputados que pegaram propinas, enriqueceram ilicitamente e não declararam no Imposto de Renda. 

O que se espera é que tudo isso não seja uma cortina de fumaça para esconder outros supostos crimes.

Com tudo o que já foi descoberto, como os deliquentes não estão num 'campo de concentração' e com todos os seus bens bloqueados?

Estes supostos ladrões desviaram uma quantia incalculável dos cofres públicos, aniquilaram a administração pública, fizeram a saúde pública entrar em colapso, arruinaram com a educação, enquanto o povo segue sua via crúcis no Mato Grosso.

Que a Justiça puna os verdadeiros e grandes ladrãos pelos crimes que merecem ser julgados. 

Os crimes no Mato Grosso, quem deverá julgar - se a Justiça demorar a faze-lo- é o próprio povo. Nas urnas.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO